PT | EN
projectos arquivo
Gaia Global

Percebendo já em 2002 as relações intímas entre Energia, Desenvolvimento Sustentável e Informação hoje sustentadas no conceito Smart Cities, em linha com aqueles que são os objetivos da estratégia nacional para o Desenvolvimento Sustentável, como o "caminho natural" para o desenvolvimento estratégico da organização, a Energaia foi responsável pela candidatura municipal ao programa de cidades digitais do Programa Operacional para a Sociedade do Conhecimento.

 

A realização do projeto Gaia Global, com um financiamento de cerca de € 6.000.000, assumiu relevo tal que permitiu a classificação de Vila Nova de Gaia no 3º lugar do ranking nacional de estratégias de e-government.

 

Para mais informações, consulte www.cidadao.gaiaglobal.pt

RePECEE

A RePECEE é uma medida aprovada no âmbito do PPEC - Plano de Promoção da Eficiência no Consumo, promovida pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) no biénio 2009-2010.

 

Esta medida tem como objetivo a contribuição para a promoção do consumo eficiente de energia elétrica através da disponibilização de uma plataforma tripla partilhada pelas Agências de Energia parceiras, pretendendo-se assim facilitar os processos de interação entre os consumidores e as Agências de Energia, tornar mais eficiente a ação das Agências na prestação de serviços de promoção do consumo eficiente de energia elétrica e disponibilizar conteúdos e funcionalidades relevantes para a promoção de um consumo eficiente de energia elétrica.

 

Para mais informações, consulte www.repecee.net

Mi Ciudad AC2

Mi Ciudad AC2 é um projeto de âmbito europeu aprovado ao abrigo do programa Interreg IV B SUDOE, na área das alterações climáticas.

 
Este projeto teve como principal objetivo fortalecer o papel dos governos locais na adaptação e mitigação dos efeitos das alterações climáticas, mediante o desenvolvimento e implementação de políticas inovadoras de planeamento urbano, visando a redução da emissão de gases de efeito estufa e a melhoria da eficiência energética nas áreas urbanas.
 
O Mi Ciudad AC2 foi implemnetado em quatro Municípios, nomeadamente Vila Nova de Gaia (Portugal), Málaga e Burgos (Espanha) e Toulouse (França). Cada um destes Municípios foi responsável pela liderança de uma das áreas temáticas do projeto: Planeamento Urbanístico e Gestão da Mobilidade, Planeamento de Zonas Verdes, Cidadania Participativa e por último, e sendo a área sob a alçada de Vila Nova de Gaia, Poupança e Eficiência Energética.
Mi Ciudad AC2

Mi Ciudad AC2 é um projeto de âmbito europeu aprovado ao abrigo do programa Interreg IV B SUDOE, na área das alterações climáticas.

 
Este projeto teve como principal objetivo fortalecer o papel dos governos locais na adaptação e mitigação dos efeitos das alterações climáticas, mediante o desenvolvimento e implementação de políticas inovadoras de planeamento urbano, visando a redução da emissão de gases de efeito estufa e a melhoria da eficiência energética nas áreas urbanas.
 
O Mi Ciudad AC2 foi implemnetado em quatro Municípios, nomeadamente Vila Nova de Gaia (Portugal), Málaga e Burgos (Espanha) e Toulouse (França). Cada um destes Municípios foi responsável pela liderança de uma das áreas temáticas do projeto: Planeamento Urbanístico e Gestão da Mobilidade, Planeamento de Zonas Verdes, Cidadania Participativa e por último, e sendo a área sob a alçada de Vila Nova de Gaia, Poupança e Eficiência Energética.
 
No decorrer do projeto foi efetuado o levantamento de todas as políticas municipais existentes em cada uma das quatro componentes, tendo-se posteriormente analisado e comparado, com o objetivo de identificar boas práticas de âmbito municipal e culminando na aplicação dos resultados em projetos-piloto de reabilitação urbana ou de novos projetos em cada um dos Municípios.
 

O projeto permitiu identificar um conjunto de boas práticas que possibilitarão o desenvolvimento e adaptação das atuais políticas municipais numa área tão sensível e fundamental para o desenvolvimento sustentável do território.

 

Para mais informações, por favor consulte www.miciudadac2.eu

Energyprofiler

Energyprofiler foi um projeto promovido pela ENERGAIA - Agência de Energia do Sul da Área Metropolitana do Porto, em parceria com FACTOR SOCIAL - Consultoria em Psicossociologia e Ambiente, e TERRASYSTEMICS - Projectos em Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, financiado através do PPEC-Plano de Promoção da Eficiência Energética no Consumo.

 
O projeto Energyprofiler teve como objetivo principal a identificação de padrões de consumo de energia dos portugueses, caracterizando as diferenças entre os consumidores de energia das diferentes regiões de Portugal Continental e Ilhas. O questionário foi iniciado em janeiro de 2010 através de um inquérito telefónico à escala nacional a mais de 1000 agregados familiares (erro amostral de 3,07%). Os perfis identificados tiveram como base as seguintes 4 variáveis: comportamento ecológico, conhecimento sobre medidas de conservação de energia, responsabilidade face ao uso de energia e atitude face à conservação de energia.
 
Da análise das perceções, atitudes, competências e padrões de uso de energia, os resultados do questionário do Energyprofiler revelaram que a generalidade dos portugueses possui um conhecimento “médio-alto” sobre o uso eficiente de energia e uma atitude “muito positiva” face à conservação de energia. No entanto este conhecimento e atitude nem sempre se traduzem em acções ou comportamentos específicos pelos mais diversos motivos.
 
Energyprofiler

Energyprofiler foi um projeto promovido pela ENERGAIA - Agência de Energia do Sul da Área Metropolitana do Porto, em parceria com FACTOR SOCIAL - Consultoria em Psicossociologia e Ambiente, e TERRASYSTEMICS - Projectos em Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, financiado através do PPEC-Plano de Promoção da Eficiência Energética no Consumo.

 
O projeto Energyprofiler teve como objetivo principal a identificação de padrões de consumo de energia dos portugueses, caracterizando as diferenças entre os consumidores de energia das diferentes regiões de Portugal Continental e Ilhas. O questionário foi iniciado em janeiro de 2010 através de um inquérito telefónico à escala nacional a mais de 1000 agregados familiares (erro amostral de 3,07%). Os perfis identificados tiveram como base as seguintes 4 variáveis: comportamento ecológico, conhecimento sobre medidas de conservação de energia, responsabilidade face ao uso de energia e atitude face à conservação de energia.
 
Da análise das perceções, atitudes, competências e padrões de uso de energia, os resultados do questionário do Energyprofiler revelaram que a generalidade dos portugueses possui um conhecimento “médio-alto” sobre o uso eficiente de energia e uma atitude “muito positiva” face à conservação de energia. No entanto este conhecimento e atitude nem sempre se traduzem em acções ou comportamentos específicos pelos mais diversos motivos.
 
Para mais informações, por favor consulte www.energyprofiler.info
eds.NORTE

eds.NORTE - Energia e Desenvolvimento Sustentável na Região Norte, foi um projeto promovido pela Energaia que pretendeu levar a toda a Região Norte conceitos e experiências relacionadas com a utilização sustentável da energia.

Durante os anos de 2004, 2005 e 2006 foram realizados estudos no território de Vila Nova de Gaia que, articulados com as restantes experiências nacionais e internacionais, permitiram à Energaia desenvolver um conjunto de iniciativas de disseminação em toda a Região Norte.

Pretendeu-se que este projeto contribua para o desenvolvimento de uma visão conjunta a todas as comunidades da Região Norte, para que esta seja capaz de interiorizar progressivamente o conceito de Desenvolvimento Sustentável nas suas práticas diárias, assumindo a qualidade de vida das pessoas como o grande desígnio motivador de atuação.

 

Para mais informações, consulte www.edsnorte.com

Eco Empresas

A eco-eficiência é atualmente uma importante marca diferenciadora para as empresas numa economia global, de mercados cada vez mais abertos e competitivos. O programa Eco Empresas pretende, assim, promover a adoção de práticas eco-eficientes no teciso empresarial da região em que a Energaia está inserida.

 

Tendo como destinatárias as mais de 10.000 PME's da região, este programa pretende obter o reconhecimento internacional como modelo de referência na eco-eficiência empresarial, acentando as suas áreas de atuação na formação, consultadoria e informação.

 

Para mais informações, consulte www.ecoempresas.org

Av. Manuel Violas, 476 Sala 23 4410-137 So Flix da Marinha PORTUGAL tel.: +351 22 374 72 50 fax: +351 22 374 72 59 email: energaia@energaia.pt