Apresentação

A Energaia – Agência de Energia do Sul da Área Metropolitana do Porto é o centro de competências e conhecimento para a Energia Sustentável e a Transição Energética, sendo responsável pela conceção, implementação e monitorização dos Planos de Ação para a Energia Sustentável e o Clima, no seu território de intervenção. Estende estas competências de forma transversal e integrada a áreas de conhecimento conexas às suas áreas de competência core.

Com vista à concretização de uma política energética a nível europeu, no final da década de 90 surgiu o programa SAVE II da Comissão Europeia, que permitiu a criação da então Energaia – Agência Municipal de Energia de Gaia. Este processo foi liderado pelo Município de Vila Nova de Gaia, que, à data, tomou consciência da necessidade de promover uma maior sustentabilidade e competitividade territorial, visando a qualidade de vida dos seus munícipes.

Após pouco mais de 10 anos de existência, e com o apoio do Programa ON.2 – O Novo Norte, a Agência adquiriu caráter metropolitano, estendendo assim a sua área de abrangência aos Municípios de Espinho, Oliveira de Azeméis, Santa Maria da Feira, São João da Madeira e Vale de Cambra, correspondendo atualmente a uma área de 721 km2 e aproximadamente 582 000 habitantes.

Desde cedo a Energaia verificou que a intervenção na área da energia só teria lógica quando integrada num contexto mais lato, que é o da Sustentabilidade, o que sustentou a realização de ações em áreas conexas, sendo seguro afirmar que a história da Agência está recheada de projetos emblemáticos e inovadores nas áreas do ambiente, desenvolvimento urbano, energia, e tecnologias da informação e comunicação. A Energaia tem vindo a assumir, ao longo da sua existência, um papel de consultoria e assessoria dos municípios seus associados, desenvolvendo projetos e estudos, dinamizando formações e disseminando boas práticas.

Através de um corpo técnico altamente qualificado, e com mais de 18 anos de atividade ininterrupta, a Energaia é hoje uma das agências de energia mais antigas de Portugal e da Europa, e reconhecida como uma referência a seguir.