procuRE

procuRE

Aquisição comercial de soluções inovadoras para fornecimento de energia 100% renovável em edifícios 



O projeto procuRE reúne 6 entidades (adquirentes) de 6 países, responsáveis por mais de 21.000 edifícios públicos, para investir mais de 7 milhões de euros em I&D tendo como objetivo enfrentar o desafio comum de alcançar 100% de fornecimento de energia renovável (FER) em edifícios existentes. A metodologia do projeto tem por base a Contratação Pré-Comercial (PCP - Pre-Commercial Procurement) a qual inicia com a Consulta Aberta ao Mercado (OMC – Open Market Consultation), processo de envolvimento de fornecedores para apoiar no desenvolvimento do procedimento concursal a ser lançado. 

Cronologicamente o projeto desenvolve-se da seguinte forma: 
  • Fase A – Desenvolvimento da Consulta Aberta ao Mercado 
  • Fase B – Procedimento Concursal 
  • Fase C – Implementação e Exploração 

Para atingir os objetivos do projeto, o agrupamento de entidades adquirentes estabeleceu uma estrutura ambiciosa para os requisitos a serem atendidos no PCP. A estrutura consiste em três domínios e oito áreas de atuação.


Juntas, as áreas de atuação, constituem as soluções que o procuRE pretende encontrar, em comparação com o estado da arte atual, incentivando os fornecedores a desenvolver soluções inovadoras que eliminem o fornecimento energético externo em edifícios existentes. O procuRE tem assim como objetivo secundário impulsionar a inovação do lado da procura, ao financiar o desenvolvimento e o teste de novas soluções.  

A Contratação Pré-Comercial permite que os compradores públicos comparem abordagens alternativas de soluções potenciais e filtrem as melhores soluções possíveis que o mercado pode oferecer para atender às necessidades públicas, permitindo que as autoridades públicas europeias modernizem os serviços públicos mais rapidamente e criem oportunidades para as empresas na Europa assumirem a liderança internacional em novos mercados. 

O projeto tem os seguintes parceiros de consórcio: 
  • Energy Agency of Savinjska, Šaleška and Koroška Region National, Eslovénia1
  • Área Metropolitana de Barcelona, Espanha1
  • Stadt Nürnberg – Hochbauamt, Kommunales Energiemanagement und Bauphysik, Alemanha1
  • Energaia – Agência de Energia do Sul da Área Metropolitana do Porto, Portugal1;
  • Município de Eilat, Israel1
  • Istanbul Metropolitan Municipality, Turquia1;
  • Ozyegin Universitesi, Turquia; 
  • Academia Europeia de Bolzano, Itália; 
  • Empirica Gesellschaft fur Kommunikations und Technologieforschung MBH, Alemanha. 


O agrupamento de entidades adquirentes depara-se, ao nível dos edifícios, com restrições individuais para adaptação, fornecimento e armazenamento, otimização da operação e integração de soluções tecnológicas. 

Os Municípios podem ser Membros Parceiros do projeto, tendo como vantagens: 
  • contribuir, sempre que possível, para definir e validar o objetivo do PCP, fornecendo informações básicas sobre as necessidades específicas; 
  • colaborar com o agrupamento de entidades adquirentes do consórcio e apoiar de forma significativa os objetivos do projeto; 
  • ser mantido informado sobre todos os aspetos do PCP e ter acesso a todas as informações relativas aos seus resultados; 
  • participar nos Open Days no final do projeto e avaliar as soluções implementadas. 

A participação do Município como Membro Parceiro, fortalece o projeto e indica aos potenciais fornecedores que existe interesse para além do projeto na aquisição de soluções inovadoras. A participação não tem qualquer custo ou obrigação, podendo manifestar a intenção para o email energaia@energaia.pt.

Este projeto recebe financiamento do Programa de Pesquisa e Inovação Horizonte 2020 da União Europeia, ao abrigo do acordo de subvenção n.º 963648

Todas as informações sobre o projeto podem ser consultadas no portal: https://procure-pcp.eu.

 1 Entidade adquirente (procurer)